Em tempos de pandemia as pessoas repetem incessantemente sobre como reagir ao novo normal. Esta frase se configurou como uma bula de receita para se vender qualquer produto ou serviço através de diversos canais de vendas disponíveis nos dias de hoje. Esse esforço em investimento em tempo e ferramentas digitais consomem recursos valiosos das organizações.

Então por que não, antes de investir recursos o empresário não para e reflita sobre a eficiência, eficácia e efetividade de seus produtos ou serviços?

Peter Drucker, em sua teoria do abandono sugere que as empresas abandonem todo aquele produto ou serviço que não traga rentabilidade suficiente para a organização, sugerindo, ainda, que esses recursos, sejam eles em pessoas, materiais ou financeiro possam ser aproveitados em pesquisa e desenvolvimento capazes de fazer com que as empresas sobrevivam a qualquer desafio.

Como no lema da Mollitiam Consultoria “Sempre pronta para novos desafios” Drucker sugere que as organizações se reinventem, sempre levando em consideração a seguinte afirmação:  “Para dar resultados, a administração não deve temer as decisões de abandono dos produtos não rentáveis. "O abandono é a chave da inovação, não só porque ele liberta os recursos necessários, mas porque ele estimula a procura do novo que substituirá o velho."30 Os custos escondidos de qualquer atividade são muito maiores do que uma pessoa pode supor ou do que os sistemas de contabilidade mostram. A General Motors abandonou seis entre oito produtos que estavam em linha de produção e o resultado foi o crescimento da empresa.” (João Lodi, 1968).

Por que uma teoria que foi escrita ainda tem validade nos dias atuais? A resposta está baseada na “Lei de Moore”, um funcionário da Intel que previu que os transistores em um chip dobrariam a cada 18 meses, aumentando assim o poder de processamento. Hoje em dia podemos dizer também que, além dos processadores, sistemas inteiros morrem, dando lugar a novas tecnologias.

Porque então o ser humano possui tão arraigado em seu cerne a resistência a saída da zona de conforto? Muitos tiveram que se reinventar para continuar a labutar em seus empregos através de realidades inimagináveis.

Poderemos utilizar como cases de sucesso os resultados alcançados por bancos, escritórios de advocacia, contabilidade e de consultoria.

Nossos colaboradores superaram os desafios alternando trabalhos pelo modelo homeoffice com o atendimento físico ao cliente nesse  último em momentos  que não pudessemos operar através das ferramentas remotas.

A utilização das ferramentas digitais são uma unanimidade e todos nós operamos desde a agenda google até o software meet de reuniões em nível de excelência.

Nossos planos de ação ficaram mais agradáveis, alternando as janelas do TRELLO com as do antigo, porém poderoso excel na linguagem 5W2H com adaptações de nossos consultores.

Nossos arquivos estão no sistema de nuvem, podendo ser acessados em tempo real através dos smartphones, editados e encaminhados a nossos clientes em tempo recorde.

Para brindar todo o nosso esforço realizamos uma auditoria externa de manutenção da Certificação IQG em Distinção de Higiene Hospitalar em um de nossos clientes, de forma remota, alcançando resultados acima do esperado.

Ou seja, reinventamos todo o modo de realizar as coisas, desapegando de velhas rotinas, que deram certo até aquele momento, abraçando o novo modelo de forma consistente.

O mais importante disso tudo foi a nossa capacidade de gestão desse projeto, pois, fazer o cliente acreditar nos novos processos e fazê-los rodar dentro dos padrões exigidos que geraram as evidências, principalmente em um ambiente hospitalar requereu muito esforço de ambas as equipes. Nossos consultores estiveram todo o tempo possível com nossos clientes realizando mudanças e criando um ambiente que gerasse motivação para que realizassem o trabalho, pois sabíamos que capacidade não lhes faltava.

Desapegar de produtos ou modo como se realiza serviços com o objetivo de criar algo novo requer uma capacidade profissional que se aprende em nossa Formação de Consultores Empresariais (FCO), que em nosso dia a dia se traduz em resultados consistentes para nós e para nossos clientes.

Caro Empreendedor, pare um instante e reavalie seus produtos e serviços e observe se alguns deles ainda merecem que sejam disponibilizados seus  recursos tão  valiosos.

Caso necessite de ajuda, contate um Consultor da Mollitiam Consultoria.

 

Richard Farias

É CEO e Consultor Organizacional na Mollitiam Consultoria

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bibliografia:

LODI, João: Introdução à obra de Peter F. Drucker, disponível em https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-75901968000400005. Acessado em 11/10/2020.

TECMUNDO, Lei de Moore é complementada: eficiência de computadores dobra a cada 18 meses.  disponível em: https://www.tecmundo.com.br/processadores/13307-lei-de-moore-e-complementada-eficiencia-de-computadores-dobra-a-cada-18-meses.htm

Seguir

  • Instagram

Contato

(61) 99911-3953

Endereço

The Brain
Centro de Convenções Ullysses Guimarães

©2020 por Mollitiam Consultoria.